<b>Uso de Eletroestimulação Transcutânea Diafragmática em Pós-Operatório de Revascularização do Miocárdio

  • Patrícia C. Nascimento Peres Hospital Paraná
  • Thelma Yuri Kojina Associação Bom Samaritano
Palavras-chave: revascularização miocárdica, estimulação elétrica nervosa transcutânea, , diafragma, fisioterapia

Resumo

Atualmente a cirurgia cardíaca para revascularização do miocárdio vem sendo frequentemente realizada em decorrência do grande acometimento da doença coronariana. Caracteriza-se por uma cirurgia de grande porte que pode estar acompanhada de algumas complicações em seu pós-operatório, dentre elas a paresia diafragmática. Dessa forma a fisioterapia pode estar atuando de forma benéfica e a eletroestimulação transcutânea diafragmática (EDET) é um dos recursos fisioterapêuticos existentes. Sendo assim, objetivou-se com este estudo analisar e comparar a variação de força muscular inspiratória e a função pulmonar com parâmetros espirométricos como a CVF, VEF1 e IT, no período pré-operatório, 2º e 5º PO. Foram avaliados e tratados cinco indivíduos submetidos à revascularização do miocárdio, sendo aplicado um protocolo fisioterapêutico associado à realização da eletroestimulação transcutânea diafragmática (EDET). Além de ficha previamente elaborada, a avaliação foi composta pela espirometria e manovacuometria, sendo estas novamente realizadas no 2º e no 5º pós-operatório. O tratamento foi iniciado no 2º pós-operatório. Como resultados observaram-se no 2º pós-operatório redução de todos os parâmetros avaliados e no 5º PO obteve-se um aumento do mesmo em relação ao 2º PO. Sendo assim, pode-se concluir que a EDET pode ser um recurso indicado no tratamento destes indivíduos de forma associada ao tratamento fisioterapêutico. No entanto, devido à amostragem, acredita-se que os resultados podem ser modificados, sendo de fundamental importância a realização de outros estudos e métodos de avaliação.

Biografia do Autor

Patrícia C. Nascimento Peres, Hospital Paraná
Fisioterapeuta graduada pelo Centro de Ensino Superior de Maringá – CESUMAR; Pós-graduada em Fisioterapia Cardiorrespiratória pela Universidade Tuiuti do Paraná – UTP; Fisioterapeuta do Hospital Paraná em Maringá,Pr. E-mail: paticnasci@hotmail.com
Thelma Yuri Kojina, Associação Bom Samaritano
Fisioterapeuta graduada pelo Centro de Ensino Superior de Maringá – CESUMAR; Pós-graduada em Fisioterapia Cardiorrespiratória pela Universidade Tuiuti do Paraná – UTP; Fisioterapeuta do serviço de Home Care da Associação Bom Samaritano de Maringá,Pr. E-mail: thelmakojina@hotmail.com
Publicado
2009-06-08
Seção
Artigos Originais