<b>Status Antioxidante, Diabetes Mellitus II e Aterosclerose

  • Maria Gabriela Valle Gottlieb PUCRS
  • Carla Helena Augustin Schwanke PUCRS
  • Luiz Carlos Bodanese PUCRS
  • Ivana Beatrice Mânica da Cruz UFSM
Palavras-chave: Diabetes mellitus tipo II, Aterosclerose, Status Antioxidante, Estresse Oxidativo, Polimorfismo Genético da SOD2., Type 2 Diabetes Mellitus, Atherosclerosis, Antioxidant Status, Oxidative Stress, SOD2 Genetic Polymorphism.

Resumo

O diabetes mellitus II é uma doença poligênica agravada por fatores ambientais. Além disso, está associada à aceleração do processo aterosclerótico. Recentemente, tem se discutido o papel do estresse oxidativo e do status antioxidante na etiologia, tanto do diabetes mellitus, quanto da doença aterosclerótica. Diversos estudos têm sugerido que ambos, diabetes do tipo II e hiperglicemia, aumentam o estresse oxidativo e, consequentemente, podem desencadear o processo aterosclerótico. Por outro lado, a literatura tem mostrado que antioxidantes exógenos e enzimas antioxidantes endógenas, tal como a SOD2, podem diminuir o impacto do estresse oxidativo nas células ou até mesmo prevenir estados patológicos. Dentro desse contexto, o presente artigo pretende aprofundar a discussão e lançar novas idéias sobre uma possível relação entre status antioxidante, diabetes tipo II e aterogênese.

Biografia do Autor

Maria Gabriela Valle Gottlieb, PUCRS
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS; Mestre em Ciências da Saúde; Bióloga. E-mail: vallegot@hotmail.com
Carla Helena Augustin Schwanke, PUCRS
Doutora em Gerontologia Biomédica; Docente adjunta do Instituto de Geriatria e Gerontologia e do Programa de Pós-graduação em Gerontologia Biomédica da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS; Médica geriatra. E-mail: schwanke@pucrs.br
Luiz Carlos Bodanese, PUCRS
Doutor em Cardiologia; Chefe do Serviço de Cardiologia do Hospital São Lucas; Docente titular da Disciplina de Cardiologia da Faculdade de Medicina do Programa de Pós-Graduação em Clínica Médica da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS; Médico cardiologista. E-mail: lcbodanese@pucrs.br
Ivana Beatrice Mânica da Cruz, UFSM
Doutora em Genética e Biologia Molecular; Docente Adjunta e Pesquisadora do Departamento de Morfologia do Centro de Ciências da Saúde, Laboratório de Genômica do Desenvolvimento na Universidade Federal de Santa Maria – UFSM; Bióloga. E-mail: ibmcruz@hotmail.com
Publicado
2009-06-08
Seção
Artigos de Revisão