<b>O Cenário Flusseriano da Pós-História

  • Ana Paula Machado Velho Universidade Estadual de Maringá - UEM
Palavras-chave: Comunicação, Pós-história, Flusser.

Resumo

As ideias aqui desenvolvidas são fruto do material reunido para apresentação de um seminário no curso de doutorado em Comunicação e Semiótica da PUC de São Paulo. Pretende-se dividir a linha de raciocínio do filófoso com os pesquisadores interessados na obra de Vílem Flusser e com aqueles que investigam a comunicação. Este artigo é uma interpretação particular da forma flusseriana, tão contundente quanto irreverente, de argumentação. Estão desenhados neste texto alguns dos cenários que Flusser constrói sobre o processo de evolução do homem e do mundo. Uma viagem pela história e pela perspectiva da pós-história apresentadas pelo tcheco, com escala entre os estudos sobre os processos comunicativos. Essas reflexões estão registradas no livro Pós-história: vinte instantâneos e um modo de usar, publicado em 1983, no Brasil.

Biografia do Autor

Ana Paula Machado Velho, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP; Jornalista da Assessoria de Comunicação da Universidade Estadual de Maringá - UEM; Docente de Graduação e Pós-Graduação do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR. E-mail: anapaula.mac@gmail.com
Publicado
2011-03-01
Seção
Ensaios