<b>Relações Fisiológicas Entre o Sono e a Liberação de Hormônios Que Regulam o Apetite

  • Giovana Andreia Gibbert Universidade do Estado do Pará
  • Márcia Nascimento Brito Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: Leptina, Grelina, Sono, Apetite.

Resumo

A redução do tempo de dormir tornou-se um hábito comum na atualidade, guiada pelas exigências e oportunidades da sociedade moderna. Uma relação entre sono e ingestão alimentar vem sendo postulada pela literatura atual. Isso é amplamente demonstrado em modelos animais, que se mostram hiperfágicos após a privação de sono. Em seres humanos, o trabalho por turno e as mudanças no fuso horário, situações que comumente alteram o padrão habitual de sono, estão claramente associadas com as alterações no padrão de ingestão alimentar. Vários estudos epidemiológicos recentes correlacionam a curta duração do tempo de sono com o aumento do índice da massa corporal, devido às alterações fisiológicas na liberação dos hormônios reguladores do apetite grelina e leptina. O objetivo desta revisão é discutir as relações entre os hormônios reguladores do apetite e o aumento do índice de massa corporal em indivíduos privados de sono.

Biografia do Autor

Giovana Andreia Gibbert, Universidade do Estado do Pará
Docente do Departamento de Morfologia e Ciências Fisiológicas da Universidade do Estado do Pará - UEPA. E-mail: giovanaandreia@hotmail.com
Márcia Nascimento Brito, Universidade Estadual de Maringá
Docente do Departamento de Ciências Fisiológicas da Universidade Estadual de Maringá – UEM. E-mail: mnbrito@uem.br
Publicado
2011-07-08
Seção
Artigos de Revisão