<b>Inibidores Seletivos da Recaptação da Serotonina e Bruxismo: Associação em Usuário de Prótese Total / Selective Serotonin Reuptake Inhibitors and Bruxism: Association in a Total Prosthesis User

  • Patricia Cataldo de Felipe Cordeiro Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Josemar Parreira Guimarães Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Letícia Ladeira Bonato Universidade Federal Fluminense
  • Luciano Ambrósio Ferreira Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Antônio Carlos Pires Carvalho Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Antidepressivos, Bruxismo, Prótese Total / Antidepressants, Bruxism, Total Prosthesis

Resumo

Os efeitos adversos dos inibidores seletivos da recaptação da serotonina constituem um dos diversos fatores de risco para o desenvolvimento de bruxismo e sintomatologia de desordem temporomandibular. A associação entre diferentes fatores, predisponentes e agravadores, para o desenvolvimento do bruxismo é ilustrada no caso clínico apresentado, o qual relata a queixa e condução terapêutica de uma paciente de 53 anos, usuária de próteses totais instáveis, com dor orofacial crônica, desordem temporomandibular e cefaleia atribuídas à presença do hábito parafuncional. A conduta da terapêutica sintomática foi direcionada ao controle dos fatores de risco apresentados, sendo definida pelo uso de placa interoclusal, a qual proporcionou redução e estabilidade da sintomatologia desde o início do tratamento, juntamente às orientações sobre autocuidados, fundamentais para o manejo da terapia. Uma vez identificados os fatores de risco, ressalta-se a necessidade de uma abordagem diferenciada em usuários de próteses totais, pois estes podem apresentar-se mais predispostos a distúrbios psicossociais decorrentes do processo de perda dos dentes e adaptação ao componente protético. ABSTRACT: Contrary effects of selective serotonin reuptake inhibitors are one of the risk factors for the development of bruxism and symptomology of temporal-mandibular disorder. The association between several predisposing and aggravating factors for the development of bruxism may be observed in a clinical case involving complaints and therapy of a 53-year-old patient, using unstable total prostheses, with chronic mouth and face pain, temporal-mandibular disorder and headaches attributed to the parafunctional habit. The behavior of symptomatic therapy, directed to the control of risk factors, was defined by the inter-occlusion plate which reduced and stabled the symptomology from the start of the treatment, coupled to guidelines of self-care. The need for a different approach in users of total prostheses was underscored since the patients may be more prone to psychosocial disorders caused by loss of teeth and adaptation to the prosthesis.

Biografia do Autor

Patricia Cataldo de Felipe Cordeiro, Universidade Federal de Juiz de Fora
Graduanda do Curso de Odontologia – Faculdade de Odontologia/ Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e aluna do Serviço ATM – UFJF
Josemar Parreira Guimarães, Universidade Federal de Juiz de Fora
Doutor em Odontologia – Ortodontia – FO/UFRJ; Mestre em Ciências Odontológicas – Ortodontia – FO/UFRJ; Coordenador Serviço de Diagnóstico e Orientação a Pacientes com Desordens Temporomandibulares – FO/ UFJF; Professor Pesquisador Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ) – UFJF
Letícia Ladeira Bonato, Universidade Federal Fluminense
Doutoranda em Clínica Odontológica – Faculdade de Odontologia/ Universidade Federal Fluminense (UFF), especialização em andamento em DTM e Dor Orofacial pela Faculdade de Medicina de Petrópolis e membro da equipe do Serviço ATM – UFJF
Luciano Ambrósio Ferreira, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Doutorando em Ciências – Departamento de Radiologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Mestre em Clínica Odontológica; Especialista em Imaginologia e Radiologia Odontológica, Acupuntura sistêmica , Dor Orofacial e DTM; ex-professor do Serviço ATM – UFJF
Antônio Carlos Pires Carvalho, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Médico, Doutor em Radiologia, Professor Associado do departamento de radiologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Publicado
2014-12-17
Seção
Relato de Casos