<b>Aplicação do método isostretching em pacientes mastectomizadas: série de casos

  • Alessandra Benatti Burkle CESUMAR
  • Fabiana Orita Shiraishi Cesumar
  • Fernanda Naomi Yabiku Cesumar
Palavras-chave: Câncer de mama, fisioterapia, ginástica postural global, Global posture gymnastics, Physiotherapy, Breast cancer.

Resumo

O câncer de mama é uma das neoplasias mais comum entre as mulheres. A mastectomia pode ser realizada de várias maneiras, dependendo do quadro do paciente, podendo ser do tipo tumorectomia, quadrandectomia, mastectomia simples ou total, mastectomia radical modificada ou mastectomia radical. O objetivo deste trabalho foi aplicar o método Isostretching em pacientes mastectomizadas e avaliar função pulmonar, expansibilidade torácica, amplitude de movimento do ombro homolateral à cirurgia e qualidade de vida. Todos os procedimentos foram realizados na Clínica Escola de Fisioterapia do Centro Universitário de Maringá. Por ser a mastectomia um tratamento capaz de causar complicações que acarretam a diminuição da qualidade de vida, este trabalho se justifica pelo fato de contribuir para a literatura da área da saúde em pacientes mastectomizadas. Todas as pacientes submetidas ao método Isostretching, ao final das 12 sessões, obtiveram melhora em todos os itens avaliados: função pulmonar, expansibilidade torácica, amplitude de movimento do ombro homolateral à cirurgia e qualidade de vida. Concluiu-se que o Isostretching mostrou-se eficaz quando aplicado em pacientes mastectomizadas, tendo ação relevante sobre as complicações decorrentes do procedimento cirúrgico.

Biografia do Autor

Alessandra Benatti Burkle, CESUMAR
Mestranda em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal de São Paulo - Unifesp; Fisioterapeuta pela Universidade Estadual de Londrina - UEL; Docente do Departamento de Fisioterapia do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR. E-mail: aleburkle@cesumar.br
Fabiana Orita Shiraishi, Cesumar
Fisioterapeuta do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR. E-mail: fabiorita@hotmal.com
Fernanda Naomi Yabiku, Cesumar
Fisioterapeuta do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR. E-mail: fernaomi@wnet.com.br
Publicado
2008-09-25
Seção
Relato de Casos