<b>Avaliação dos Parâmetros de Qualidade da Tilápia <i>Oreochromis niloticus </i> e Desenvolvimento de um Produto Nutricional

  • Daniel Mantovani Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Marcos Lúcio Corazza Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Silvio Claudio da Costa Universidade Estadual de Maringá - UEM
  • Lúcio Cardozo-Filho Universidade Estadual de Maringá - UEM
Palavras-chave: Rendimento, Nutrientes, Agronegócio

Resumo

A carne de tilápia na forma de filé in natura, preparado ao molho vermelho, apresenta-se como um produto funcional por conter minerais, vitaminas lipossolúveis do complexo B, alta insaturação dos ácidos graxos com presença do ômega 3 e baixo teor de colesterol. Considerando a importância do agronegócio voltado à piscicultura brasileira, o objetivo do presente estudo foi elaborar e avaliar parâmetros microbiológicos, físico-químicos e sensorial, voltado a produtos para alimentação rápida e acessível, envolvidos a condimentos enriquecidos com carotenoides. Em relação aos valores microbiológicos e físico-químicos, todas as amostras analisadas mantiveram-se dentro dos padrões vigentes pela legislação brasileira para produtos da pesca. Em especial, para os teores de carotenoides totais o molho de tomate obteve valor de 20,7µg/g e para o molho de goiaba condimentada foi de 27,2µg/g. O procedimento sensorial foi aplicado aos provadores não treinados, obtendo um índice de aceitabilidade máximo de 75,3% para o molho tradicional de tomate, seguido de 75,1% para o molho de goiabada picante. Portanto, os resultados obtidos indicaram que a carne de peixe apresenta um grande potencial para elaboração de produtos industrializados, bem como a presença de nutrientes necessários para uma alimentação balanceada.

Biografia do Autor

Daniel Mantovani, Universidade Federal do Paraná - UFPR
Discente do curso de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos no Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal do Paraná - UFPR; E-mail: danieluns@yahoo.com
Marcos Lúcio Corazza, Universidade Federal do Paraná - UFPR
Docente do curso de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos no Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal do Paraná - UFPR; Email: corazza@ufpr.br
Silvio Claudio da Costa, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Docente do curso de Graduação em Ciências de Alimentos pela Universidade Estadual do Maringá - UEM - Paraná; E-mail: sccosta@uem.br
Lúcio Cardozo-Filho, Universidade Estadual de Maringá - UEM
Docente do Curso de Pós-Graduação em Engenharia Química no Departamento de Engenharia Química da Universidade Estadual de Maringá - UEM; E-mail: cardozo@deq.uem.br
Publicado
2011-12-08
Seção
Agronegócio