<b>O conceito de educação em Sêneca

  • José Joaquim Pereira Melo UEM
Palavras-chave: Sêneca, estoicismo, filosofia, educação

Resumo

O presente trabalho tem como preocupação fazer algumas reflexões sobre o conceito de educação de Sêneca. A educação, para esse pensador, consistia na subordinação das tendências instintivas à razão, e a condição fundamental para essa sujeição era o conhecimento de si mesmo. Ito implica que, em sua concepção, o processo formativo tinha um caráter de auto-educação, cujos princípios fundamentais eram a moral, a virtude, a liberdade, a sabedoria e a filosofia. Assim, o pensamento de Sêneca deve ser abordado segundo dois eixos condutores significativos. O primeiro é que a sabedoria e a filosofia são realidades inseparáveis; o segundo que tanto a filosofia como a sabedoria fazem parte da substância da educação. O primeiro diz respeito à meta da formação, ou seja, à educação “consumidora”; o segundo refere-se ao objetivo imediato, instrumento e caminho para formação, quer dizer, a educação se “realizando”.

Biografia do Autor

José Joaquim Pereira Melo, UEM
Doutor em História. Professor do Departamento de Fundamentos da Educação da Universidade Estadual de Maringá – UEM.
Publicado
2007-07-25
Seção
Artigos Originais