<b>Algumas Considerações Acerca das Políticas Educacionais do Banco Mundial para a América Latina

  • João Paulo Pereira Coelho UEM
  • José Joaquim Pereira Melo UEM
Palavras-chave: América Latina, Banco Mundial, Educação.

Resumo

O presente trabalho pretende discutir as políticas educacionais do Banco Mundial para a América Latina, tendo como fonte o documento “Banco Mundial. Prioridades y estratégias para la educación”. Entende-se que, para compreender as propostas estabelecidas por este órgão internacional, seja necessária, antes, uma compreensão histórica das lutas econômicas e sociais que estão postas no seio da sociedade contemporânea. Desta forma, inicialmente será realizada uma reflexão acerca do desenvolvimento do capital após a Segunda Grande Guerra. Posteriormente serão tratadas as influências dessa conjuntura econômica nas propostas do Banco Mundial, uma vez que há uma divergência entre as expectativas que o capital produz, onde seria possível a existência de um mercado globalizado, com o pleno desenvolvimento de todas as nações, e a posição de subordinação econômica que historicamente se destinou aos países latino-americanos.

Biografia do Autor

João Paulo Pereira Coelho, UEM
Graduado em História pela Universidade Estadual de Maringá – UEM; Mestrando em Educação pela Universidade Estadual de Maringá – UEM. E-mail: arthur01_rimbaud@hotmail.com; joaoppc22@hotmail.com
José Joaquim Pereira Melo, UEM
Docente adjunto do Curso de Pedagogia e do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Estadual de Maringá – UEM; Pós-doutor em História pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" – UNESP. E-mail: jjpmelo@uem.br
Publicado
2009-10-21
Seção
Artigos Originais