<b>Dos Crimes Informáticos sob a Ótica do Meio Ambiente Digital Constitucionalizado e da Segurança da Informação

  • Caio Eduardo Costa Cazelatto Universidade Estadual de Maringá
  • Antonio Carlos Segatto Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: Crimes Informáticos, Meio Ambiente Digital, Segurança da Informação

Resumo

Com o advento da Internet e dos computadores, a proteção da informação ganha paulatinamente maior destaque. Com esses instrumentos à disposição do uso particular, novos e diferentes modos de se praticar condutas ilícitas são constantemente praticadas. Assim, a pesquisa visou analisar, por meio do método bibliográfico, os crimes informáticos sob a ótica do meio ambiente digital constitucionalizado e da Segurança da Informação, explorando seus reflexos perante o ordenamento jurídico. Para tanto, estabeleceu-se a caracterização do ambiente digital constitucionalizado, através da conceituação e classificação do meio ambiente. Ainda, explorouse o nomen juris, a conceituação e classificação dos crimes informáticos, além de apresentar os mais cometidos em meio às novas tecnologias da informação, como: a difamação, a calúnia, a injúria, o furto, o estelionato e a invasão de dispositivo informático alheio.

Biografia do Autor

Caio Eduardo Costa Cazelatto, Universidade Estadual de Maringá
Discente do curso de Direito da Universidade Estadual de Maringá - UEM, Maringá (PR); Bolsista PIBIC/CNPq/ FA-UEM
Antonio Carlos Segatto, Universidade Estadual de Maringá
Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUCSP; Docente Adjunto na Universidade Estadual de Maringá - UEM, Maringá (PR).
Publicado
2014-12-10
Seção
Doutrinas