<b>Perfil Bioquímico e Imunológico de Ratos com Artrose de Joelho, Tratados por Iontoforese Isolada e Com Acido L-Ascórbico

  • Mauricio Ferraz Arruda Faculdade de Medicina UNESP BOTUCATU
  • Maria Rita Pacheco
  • Lucas Langoni Cassettari Faculdade de Medicina da UNESP BOTUCATU
  • Olga Maria Mascarenhas de Faria Oliveira Universidade Estadual Paulista - Campus Araraquara
Palavras-chave: Lontoforese, Lesão, Bioquímica, Imunologia.

Resumo

Parâmetros bioquímicos e imunológicos são muito utilizados para determinar as características de uma lesão e/ou possíveis alterações metabólicas derivadas de um tratamento. Assim, este artigo representa uma das maneiras à compreensão de uma patologia articular. O presente trabalho traça um perfil do cálcio, fosfatase alcalina, lactato desidrogenase, e interleucina 10, em ratos com artrose frente ao tratamento com iontoforese. Para avaliação desses objetivos realizou-se análise quantitativa. Os resultados demonstraram que no presente estudo não houve diferença estatisticamente significativa na dosagem dos íons cálcio e da fosfatase alcalina obtida nas médias finais, exceto dosagem de fosfatase alcalina no grupo IFAA que apresenta menor valor que os demais, embora se analisarmos os animais individualmente nota-se uma tendência na maioria deles por um aumento do índice de cálcio e fosfatase alcalina no grupo C+, se comparado aos grupos C-, IFSF, IFAA, sugestionando assim uma maior mobilização deste íon derivada da busca na tentativa do reparo. Considerando uma análise bioquímica do índice lesional, o resultado da atividade da enzima lactato desidrogenase não mostra uma diferença significativa de valores entre os grupos, apesar de haver também tendências em alguns animais dos grupos IFSF e IFAA em ter redução dessa enzima em detrimento ao grupo C+. Já o resultado imunológico expõe uma diferença significante quanto ao índice de IL-10, onde sua produção foi estimulada no grupo IFAA obtendo a maior média se comparado ao grupo controle patológico C+.

Biografia do Autor

Mauricio Ferraz Arruda, Faculdade de Medicina UNESP BOTUCATU
Doutor pelo Departamento de Biociências e Biotecnologia Aplicadas a Farmácia FCFAR- UNESP, Pós Doutorando pelo Departamento de Cirurgia e Ortopedia da Faculdade de Medicina da UNESP de Botucatu, Docente do Departamento de Ciências da Saúde do IMES Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva email: zigomaticoah@ ig.com.br.
Lucas Langoni Cassettari, Faculdade de Medicina da UNESP BOTUCATU
Doutorando do Departamento de Bases da Cirurgia Geral da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu email: lu.cassettari@hotmail.com.
Olga Maria Mascarenhas de Faria Oliveira, Universidade Estadual Paulista - Campus Araraquara
Docente; Doutora do Departamento de Bioquímica do Instituto de Química de Araraquara IQ- UNESP e do Departamento de Biociências e Biotecnologia Aplicadas a Farmácia FCFAR- UNESP; E-mail: vctre@ig.com.br.
Publicado
2012-07-13
Seção
Artigos Originais