<b>Identificação de Metabólitos Secundários Presentes no Extrato Etanólico dos Frutos Verdes e Maduros de <i>Morinda citrifolia </i>L.

  • Cristiane Rodrigues de Lima Faculdade São Lucas
  • Renato Abreu Lima Universidade Federal do Amazonas – UFAM
Palavras-chave: Noni, Planta Medicinal, Extração

Resumo

Morinda citrifolia L. tem sido alvo de muitas pesquisas científicas envolvendo a busca pela cura de doenças diversas, entre elas a cura do câncer, em que testes demonstraram alta capacidade de inibição de células carcinógenas feitas pelo suco dos frutos. As partes da planta comumente utilizadas para fins medicinais são as folhas, frutos e raízes. O presente trabalho teve como objetivo identificar os metabólitos secundários dos frutos verdes e maduros de M. citrifolia L. No Laboratório de Fitoquímica os frutos verdes e os frutos maduros foram triturados até a obtenção de um pó fino e extraído por um método sólido-líquido, utilizando o método de maceração; como solvente utilizou-se o etanol, ficando por sete dias, em três repetições. Posteriormente, o material foi filtrado e submetido ao processo de destilação. O extrato etanólico obtido foi submetido a testes fitoquímicos, utilizando reagentes específicos de reconhecimento de alcaloides, glicosídeos cardiotônicos, cumarinas voláteis, flavonoides, taninos, saponinas, triterpenos e derivados antracênicos livres. Em relação ao fruto maduro, os resultados obtidos foram positivos para alcaloides, glicosídeos cardiotônicos, cumarinas voláteis, flavonoides, taninos, triterpenos e/ou esteroides. Enquanto que, no fruto verde, os resultados obtidos foram positivos para alcaloides, glicosídeos cardiotônicos, cumarinas voláteis, flavonoides, taninos, triterpenos e/ou esteroides. Mas não foram encontrados saponinas e derivados antracênicos livres em ambos os frutos. Pode-se afirmar que o fruto de M. citrifolia L. apresenta metabólitos secundários que apresentam um grande potencial na indústria farmacêutica, por apresentar significativos benefícios medicinais, independente do seu estado verde ou maduro.

Biografia do Autor

Cristiane Rodrigues de Lima, Faculdade São Lucas
Acadêmica do curso de Biologia Faculdade São Lucas.
Renato Abreu Lima, Universidade Federal do Amazonas – UFAM
Doutorando em Biodiversidade e Biotecnologia na Universidade Federal do Amazonas – UFAM.
Publicado
2013-12-12
Seção
Artigos Originais