<b>Computação em Nuvem e Aspectos Jurídicos da Segurança da Informação

  • Charles Emmanuel Parchen Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR
  • Cinthia Obladen Almendra Freitas Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
  • Antônio Carlos Efing Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Palavras-chave: Computação em Nuvem, Segurança da Informação, Sociedade Tecnológica

Resumo

Este artigo apresenta a tecnologia da computação em nuvem, discorrendo sobre seu uso e disseminação na sociedade tecnológica e, portanto, com o objetivo de verificar se o conjunto de dados postos na nuvem tem proteção e segurança para permitir seu uso adequado e benefico, sob a otica do direito do consumidor. Estas questões serão enfrentadas na analise da segurança da informação, que oferece uma avaliação baseada em mecanimos tecnologicos que se converteram em um ponto de inflexão nas sociedades tecnologicas e de consumo.

Biografia do Autor

Charles Emmanuel Parchen, Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR
Mestrando em Direito Econômico e Socioambiental pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR; Advogado; Docente do Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Curitiba do Paraná – UNICURITIBA. E-mail: charlesadv@gmail.com.
Cinthia Obladen Almendra Freitas, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Doutora em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR; Docente Titular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR para os cursos de Ciência da Computação e Direito (Módulo Temático: Perícias e Laudos Técnicos); Docente Permanente dos Programas de Pós-Graduação em Direito (PPGD) e em Informática (PPGIa) da mesma instituição. E-mail: cinthia@ppgia.pucpr.br
Antônio Carlos Efing, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR
Doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUCSP; Docente Titular na Graduação, Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado da PUCPR; Membro do Instituto dos Advogados do Paraná; Advogadl. E-mail: ace@eradv. com.br
Publicado
2013-03-04
Seção
Artigo de Opinião