<b>Produção Científica do Direito: Mestrados e Doutorados em Direito no Brasil

  • Nilton Carlos de Almeida Coutinho Cesumar
  • Zulmar Fachin Cesumar
Palavras-chave: Direito, Conhecimento científico, Pesquisa, Produção acadêmica, Right, Scientific Knowledge, Research, Academic Production, Derecho, Conocimiento científico, Investigación, Producción científica.

Resumo

O presente artigo procura analisar a evolução da produção científica nos cursos de Mestrado e Doutorado em Direito na última década, bem como sua relação com as alterações legislativas implementadas, analisando algumas das principais barreiras para o desenvolvimento da pesquisa em direito, no que tange ao seu aspecto qualitativo. Busca analisar a forma como se dá o processo de apropriação do conhecimento científico, bem como as barreiras a serem ultrapassadas para se atingir, de fato, o desenvolvimento da pesquisa em Direito. Questões como a cientificidade do Direito, a impureza metodológica e o isolamento da ciência jurídica são alguns dos temas abordados neste artigo, o qual tem como objetivo contribuir para que haja um aumento qualitativo na produção científica na área jurídica.

Biografia do Autor

Nilton Carlos de Almeida Coutinho, Cesumar
Mestrando em Direito pelo Centro Universitário de Maringá – CESUMAR; Procurador do Estado de São Paulo. E-mail: niltonpge@gmail.com
Zulmar Fachin, Cesumar
** Pós-Doutor em Direito pela Faculdade de Direito Universidade de Coimbra; Doutor em Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná – UFPR; Mestre em Direito e em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Londrina – UEL; Docente do Curso de Mestrado em Ciências Jurídicas do Centro Universitário de Maringá – CESUMAR; Docente do Curso de Mestrado em Direito Processual e Cidadania da Universidade Paranaense – UNIPAR. E-mail: zulmarfachin@uol.com.br
Publicado
2008-12-30
Seção
Doutrinas